veja esse e-mail online Facebook Twitter Youtube Vimeo
Newsletter Março 1ª Edição
EDIÇÃO Anterior | Confira a programação completa

MARIN ALSOP REGE GUERRA-PEIXE, MOZART E PROKOFIEV | 20 e 21/03, 21H e 22/03, 16H30

Foto: Osesp_Marin Alsop

De 20 a 22 de março, a regente titular e diretora musical da Osesp, Marin Alsop, rege um programa eclético, que reúne obras de compositores do período clássico, romântico e moderno. Para iniciar o programa, a Sinfonia n° 1 em Ré Maior, Op.25 - Clássica de Sergei Prokofiev – todas as Sinfonias do compositor russo estão sendo tocadas e gravadas, sob a regência de Marin Alsop, com distribuição nacional e internacional pela Naxos. Em seguida, a Orquestra interpreta o Concerto nº 4 Para Violino em Ré Maior, KV 218, de Mozart e A Retirada da Laguna: Alegria em Nioaque e Pantanais, de Guerra-Peixe. A peça se baseia no livro homônimo de Visconde de Taunay, publicado em 1872, durante a Guerra do Paraguai; este ano celebramos o centenário do compositor brasileiro. Para encerrar a apresentação, Ala e Lolli: Suíte Cita, Op.20, de Prokofiev. O solista convidado é o violinista Augustin Hadelich.

Programa

ORQUESTRA SINFÔNICA DO ESTADO DE SÃO PAULO
MARIN ALSOP REGENTE
AUGUSTIN HADELICH VIOLINO

Sergei PROKOFIEV
Sinfonia n° 1 em Ré Maior, Op.25 - Clássica

Wolfgang A. MOZART
Concerto nº 4 Para Violino em Ré Maior, KV 218

César GUERRA-PEIXE
A Retirada da Laguna: Alegria em Nioaque e Pantanais

Sergei PROKOFIEV
Ala e Lolli: Suíte Cita, Op.20

CELSO ANTUNES REGE CORO DA OSESP EM ESTREIA MUNDIAL DE OBRA DE ALEXANDRE LUNSQUI | 23/03, 16H

Foto: Osesp_Marin Alsop

O Coro da Osesp, que comemora 20 anos em 2014, faz seu primeiro programa da Temporada sob a regência de Celso Antunes, no dia 23 de março, às 16h. O repertório traz peças de compositores das Américas, incluindo os norte-americanos Charles Ives e Elliott Carter, além de dar início ao ciclo Villa-Lobos em Foco. Traz ainda a estreia de Tenerife, de Alexandre Lunski, obra baseada em poema de Haroldo de Campos, especialmente encomendada pela Osesp. Antes do concerto, Lunski conversa com o público em um encontro da série Música na Cabeça, às 15h.

Programa

CELSO ANTUNES REGENTE
CORO DA OSESP
NAOMI MUNAKATA REGENTE

HEITOR VILLA-LOBOS
Quatuor [1921] [Ciclo Villa-Lobos em Foco]

CHARLES IVES
Salmo 100 [1902]

ALEXANDRE LUNSQUI
Tenerife [Encomenda Osesp. Estreia Mundial]

ELLIOTT CARTER
Mad Regales [2007]

HEITOR VILLA-LOBOS
Noneto-Impressão Rápida de Todo o Brasil [1923] [Ciclo Villa-Lobos em Foco]

CELSO ANTUNES REGE OBRAS CORAIS-SINFÔNICAS DE STRAVINSKY E BEETHOVEN | 27 e 28/03, 21H e 29/03, 16H30 | HOMENAGEM A MARIANA VALENÇA

Foto: Concerto Itinerante

Entre 27 e 29 de março, Celso Antunes continua à frente da Osesp e dos Coros da Osesp e Acadêmico da Osesp, apresentando duas peças corais-sinfônicas de inspiração religiosa de Stravinsky (ciclo Stravinsky além da Sagração), além da Missa em Dó Maior de Beethoven. Estes concertos homenageiam a coralista Mariana Valença, que está entre os oito cantores que integram o Coro da Osesp desde a sua formação, há 20 anos.

Programa

ORQUESTRA SINFÔNICA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CELSO ANTUNES REGENTE

ROBIN JOHANSSEN SOPRANO
STELLA DOUFEXIS MEZZO SOPRANO
MARCUS ULLMANN TENOR
MARK STONE BAIXO

CORO ACADÊMICO DA OSESP
MARCOS THADEU REGENTE

CORO DA OSESP
NAOMI MUNAKATA REGENTE

Igor STRAVINSKY
Canticum Sacrum ad Honorem Sancti Marci Nominis
Requiem Canticles

Ludwig van BEETHOVEN
Missa em Dó Maior, Op.86

ACERVO DE HISTÓRIA ORAL

O lançamento da Temporada Osesp 2014 marcou também o lançamento do Acervo Osesp: História Oral, que disponibilizará entrevistas e depoimentos em vídeo e áudio de artistas visitantes, além de músicos e funcionários da Fundação Osesp. Trechos em vídeo serão regularmente publicados no site da Osesp, enquanto que entrevistas integrais ficarão à disposição para consulta do público, na Mediateca, localizada no interior do Complexo Cultural Júlio Prestes.

PASSE LIVRE UNIVERSITÁRIO

A Fundação Osesp lança em março o Passe Livre Universitário – um programa que oferecerá, aos universitários previamente cadastrados, a possibilidade de assistir gratuitamente aos concertos da Temporada Osesp na Sala São Paulo, ocupando os lugares que estiverem vazios, momentos antes do início das apresentações. O cadastramento dos participantes inicia-se em 13 de março, dia do lançamento do programa e da Temporada Osesp 2014. Os universitários poderão se inscrever no site da Osesp para os concertos da semana em curso e os da semana seguinte, respeitando-se as cotas-limite de Passes Livres definidas para cada concerto, e que serão visíveis ao universitário no ato da inscrição.

SP-LX – NOVA MÚSICA MÚSICA CONTEMPORÂNEA DO BRASIL E DE PORTUGAL

Fundação Osesp / Fundação Calouste Gulbenkian

Uma parceria inédita entre duas das maiores instituições culturais do Brasil e de Portugal – a Fundação Osesp (São Paulo) e a Fundação Calouste Gulbenkian (Lisboa) – promoverá, a partir de 2015, a estreia de obras musicais encomendadas a compositores brasileiros e portugueses, alternadamente.
Cada obra de autor brasileiro será estreada em São Paulo, pela Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp) e repetida pela Orquestra Gulbenkian, em Lisboa; inversamente, cada obra de autor português será estreada em Lisboa, pela Orquestra Gulbenkian, e repetida pela Osesp, em São Paulo. Sempre que possível, as partituras serão publicadas pela editora Criadores do Brasil, da Osesp.
Para inaugurar o projeto, o compositor brasileiro Aylton Escobar vai compor uma obra para Coro e Orquestra, que terá sua estreia em concertos na Sala São Paulo, dias 30 de abril, 01 e 02 de maio de 2015, com a Osesp regida por Osmo Vänskä. A mesma peça será ouvida dias 29 e 30 de outubro de 2015, pelo Coro e Orquestra Gulbenkian, dirigidos por Alondra de la Parra.
Já em 2016, o compositor português Luís Tinoco terá uma obra sinfônica estreada em Lisboa, com a Orquestra Gulbenkian; e posteriormente interpretada pela Osesp em São Paulo.
A Fundação Osesp e a Fundação Calouste Gulbenkian, que desde sempre estimulam o conhecimento e a criação da música do nosso tempo, juntam assim esforços para ajudar não só a circulação da nova música nos dois países, mas ampliar os laços culturais entre países de língua portuguesa.

Os concertos da Osesp contam com a realização do Governo do Estado de São Paulo, por intermédio da Secretaria de Estado da Cultura.

Para não receber mais Newsletters da Osesp.

Para saber mais sobre a OSESP.
Indique alguém para receber esta Newsletter.

Link Cultura