veja esse e-mail online Facebook Twitter Youtube Vimeo
Newsletter Junho 17ª Edição
EDIÇÃO Anterior | Confira a programação completa

LANÇADA A TEMPORADA OSESP 2016 | ESTADO DE ESCUTA

Foto: Arte Temporada 2016

O mote da Temporada 2016 da Osesp – Estado de Escuta - alude à música como forma de resistência às pressões dispersivas que o excesso de informações e a compulsão de comunicação exercem sobre nós, 24 horas por dia. Nas palavras do diretor artístico da Osesp, Arthur Nestrovski, em seu texto de apresentação da Temporada: "A cada ano, renova-se nossa aposta na música como força humanizadora, perpétua e cada vez mais urgentemente necessária”.

Com 32 semanas de assinatura, a Temporada 2016 terá dez programas comandados pela diretora musical e regente titular Marin Alsop (que faz a abertura e o encerramento da Temporada, respectivamente, com a Primeira e a Segunda Sinfonias de Mahler); quatro pelo regente associado Celso Antunes (dois sinfônicos, um de câmara e um coral); e dois pela recém-nomeada regente assistente Valentina Peleggi (um de câmara e um sinfônico).

Entre as novidades, destaque para a criação da figura de Artista Associada: a contralto e regente Nathalie Stutzmann, que estará com a Osesp nas Temporadas 2016-18.

Confira aqui a programação completa da Temporada 2016 da Osesp.

OSESP NO THEATRO MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO | MARIN ALSOP REGE BRAHMS | 04/10, 17H

Foto: Marin Alsop

A Osesp volta ao Rio de Janeiro, sob a  batuta de sua regente titular Marin Alsop, para um concerto no dia 4 de outubro, às 17h, no Theatro Municipal, interpretando duas sinfonias de Brahms: a Sinfonia nº 3 e a Sinfonia nº 4.

Um dos maiores compositores de todos os tempos, Brahms dedicou-se a quase todos os gêneros, reunindo em sua obra inspiração, perfeição formal e orquestração primorosa. Muito influenciado pela música de Beethoven, chegou a ser considerado seu herdeiro musical. Escreveu quatro sinfonias entre 1876 e 1885.

A Sinfonia nº 3, inspirada, segundo Brahms, em uma cantiga popular de Berchtesgaden (extremo sul da Baviera) é a mais curta das quatro e logo alcançou grande sucesso. A Sinfonia nº 4 surgiu pouco depois, escrita durante os verões de 1884 e 1885. Sintetiza em sua forma e ambiência as influências de Bach e Beethoven.

ORQUESTRA SINFÔNICA DO ESTADO DE SÃO PAULO
MARIN ALSOP REGENTE

JOHANNES BRAHMS
Sinfonia nº 3 em Fá Maior, Op.90
Sinfonia nº 4 em Mi Menor, Op.98

CONCERTOS A PREÇO POPULAR: ESPECIAL DIA DAS CRIANÇAS | 10/10, 11H e 16H30; 11/10, 11H e 12/10, 11H e 16H30

Foto: Adriana Calcanhotto

Na semana do Dia das Crianças, a Osesp apresenta cinco concertos a preço popular dedicados ao público infantil. Sob a regência de Wagner Polistchuk, as apresentações terão a participação especial de Adriana Calcanhotto e do Coro Infantil da Osesp, preparado pelo maestro Teruo Yoshida.

O programa traz Pedro e o Lobo, composto por Sergei Prokofiev, em 1936, que apresenta às crianças as sonoridades dos instrumentos ao longo de uma narrativa teatral. O repertório ainda conta com Festa Dos Bichos –  encomenda da Osesp ao pianista brasileiro André Mehmari – e diversas canções de Partimpim, personagem infantil de Adriana Calcanhotto. Não perca, traga as crianças!

10 OUT SÁB 11H e 16H30
11 OUT DOM 11H
12 OUT SEG 11H e 16H30
WAGNER POLISTCHUK REGENTE
ADRIANA CALCANHOTTO NARRAÇÃO E VOZ
CORO INFANTIL DA OSESP | TERUO YOSHIDA REGENTE

SERGEI PROKOFIEV
Pedro e o Lobo, Op.67
ANDRÉ MEHMARI
Festa Dos Bichos [Versão Ampliada Para Coro Infantil e Orquestra. Encomenda Osesp]
DIVERSOS
Canções de Partimpim [Arranjos de André Mehmari]

RAGNAR BOHLIN REGE OBRAS DE ALBINONI, PERGOLESI E POULENC, COM O CORO DA OSESP E AS VOZES DE MARÍLIA VARGAS E LUISA FRANCESCONI | 15 e 16/10, 21H e 17/10, 16H30

Foto: Ragnar Bohlin

O regente sueco Ragnar Bohlin, titular do Coro da Sinfônica de São Francisco (com o qual recebeu três prêmios Grammy), que esteve recentemente em uma miniturnê com o Coro da Osesp, volta à Sala São Paulo em outubro para comandar um programa com a Osesp e o Coro da Osesp, recebendo como solistas convidadas a soprano Marília Vargas e a mezzo soprano Luisa Francesconi.

O concerto abre com o célebre – mas hoje, afinal, pouco executado - Adágio em Sol Menor, do compositor barroco italiano Tomaso Albinoni. Em seguida, a Orquestra executa o Stabat Mater, de Pergolesi, obra-prima do barroco sacro. De caráter operístico, as vozes se alternam entre árias e duetos ao longo de toda a peça.

Para terminar, a Osesp e o Coro da Osesp interpretam o Gloria de Poulenc, peça que integra um conjunto de obras vocais escritas por ele após a morte de um amigo, em 1936.

O público poderá acompanhar, na quinta-feira, 15/10, às 10h, o Ensaio Aberto da Orquestra, com ingressos a R$ 10,00.

15 OUT QUI 21H Pau-Brasil
16 OUT SEX 21H Sapucaia
17 OUT SÁB 16H30 Jequitibá
RAGNAR BOHLIN REGENTE
MARÍLIA VARGAS SOPRANO
LUISA FRANCESCONI MEZZO SOPRANO
CORO DA OSESP | NAOMI MUNAKATA REGENTE

TOMASO ALBINONI
Adágio em Sol Menor
GIOVANNI BATTISTA PERGOLESI
Stabat Mater
FRANCIS POULENC
Gloria



A programação está sujeita a alterações.


Os concertos da Osesp contam com a realização do Governo do Estado de São Paulo, por intermédio da Secretaria de Estado da Cultura.

Para não receber mais Newsletters da Osesp.

Para saber mais sobre a OSESP.
Indique alguém para receber esta Newsletter.