veja esse e-mail online Facebook Twitter Youtube Vimeo
Newsletter Junho 17ª Edição
EDIÇÃO Anterior | Confira a programação completa

SOLISTAS DA OSESP | NOVA GERAÇÃO: MARCOS THADEU REGE O CORO ACADÊMICO DA OSESP | 22/10, 19H e 24/10, 14H45

Foto: Coro Acadêmico

Pela série “Solistas da Osesp | Nova Geração”, o Coro Acadêmico da Osesp, sob a regência de Marcos Thadeu, apresenta repertório que inclui obras de dois compositores de destaque na Temporada, Mendelssohn e Scriabin, entre outros. As apresentações acontecem na Sala do Coro, nos dias 22/10 (quinta), às 19h, e 24/10 (sábado), às 14h45, antes dos concertos da Osesp.

O programa abre com as Seis Canções para Cantar ao Ar Livre, Op.59, de Mendelssohn, continua com duas transcrições de peças de Scriabin - Prélude, Op.11 nº 3 e Feuillet d'Album, Op.45 nº 1 -; segue com uma peça extraída de Alexander Nevsky, de Prokofiev; e depois com as Seis Canções, de Paul Hindemith. Para encerrar, o grupo canta Shakespeare Songs: Double, Double, Toil and Trouble!, de Jaakko Mäntyjärvi.

22 OUT QUI 19H Solistas da Osesp Noite Nova Geração
24 OUT SÁB 14h45 Solistas da Osesp Tarde Nova Geração

MARCOS THADEU REGENTE
CORO ACADÊMICO DA OSESP

FELIX MENDELSSOHN-BARTHOLDY MENDELSSOHN EM FOCO
Seis Canções Para Cantar ao Ar Livre, Op.59
ALEXANDER SCRIABIN SCRIABIN 100
Prélude, Op.11 nº 3 [TRANSCRIÇÃO DE GÉRARD PESSON]
Feuillet d'Album, Op.45 nº 1 [TRANSCRIÇÃO DE GÉRARD PESSON]
SERGEI PROKOFIEV
Alexander Nevsky, Op.78: O Campo Dos Mortos
PAUL HINDEMITH
Seis Canções
JAAKKO MÄNTYJÄRVI
Shakespeare Songs: Double, Double, Toil And Trouble!

VALENTINA PELEGGI REGE TAKEMITSU, A SINFONIA PATÉTICA DE TCHAIKOVSKY E O CONCERTO PARA VIOLINO, DE MENDELSSOHN, COM A SOLISTA BAIBA SKRIDE | 22 e 23/10, 21H e 24/10, 16H30

Foto: Valentina Peleggi

Entre 22 e 24 de outubro, a italiana Valentina Peleggi (nova regente assistente da Osesp em 2016) estará à frente da Orquestra. A violinista Baiba Skride, natural da Letônia – premiada com o primeiro lugar no Concurso Rainha Elisabeth é a solista convidada.

O concerto abre com Spirit Garden [Jardim dos Espíritos], de Toru Takemitsu – Compositor Transversal da Temporada 2015 –, peça que evoca as diferentes vistas de um jardim, que se transforma a cada ângulo.

Em seguida, Baiba Skride se junta à Osesp para interpretar o Concerto Para Violino, de Mendelssohn, dando continuidade ao ciclo “Mendelssohn em Foco”.

Na segunda parte, a Orquestra executa a Sinfonia nº6 - A Patética, de Tchaikovsky.

O público poderá acompanhar, na quinta-feira, 22/10, às 10h, o Ensaio Aberto da Orquestra, com ingressos a R$ 10,00.

22 OUT QUI 21H Jacarandá
23 OUT SEX 21H Pequiá
24 OUT SÁB 16H30 Ipê

VALENTINA PELEGGI REGENTE
BAIBA SKRIDE VIOLINO

TORU TAKEMITSU COMPOSITOR TRANSVERSAL
Spirit Garden
FELIX MENDELSSOHN-BARTHOLDY MENDELSSOHN EM FOCO
Concerto Para Violino em Mi Menor, Op.64


PYOTR I. TCHAIKOVSKY
Sinfonia nº6 em Si Menor Op.74 – Patética

CARLOS PRAZERES REGE A ORQUESTRA DE CÂMARA DA OSESP EM PROGRAMA COM A ESTREIA MUNDIAL DE SONHOS E MEMÓRIAS, DE SÉRGIO ASSAD, COM O SOLISTA NATAN ALBUQUERQUE JR. (CORNE-INGLÊS) | 25/10, 16H

Foto: Natan Albuquerque Jr

O carioca Carlos Prazeres, regente assistente da Petrobras Sinfônica e regente titular da Orquestra Sinfônica da Bahia, pela primeira vez com a Osesp, comanda um programa da Orquestra de Câmara da Osesp, tendo como solista Natan Albuquerque Jr., do naipe de oboés da Osesp.

O concerto inicia com a Sinfonia Para Cordas nº 12 em Sol Menor, de Mendelssohn – obra escrita pelo compositor alemão quando tinha apenas 14 anos de idade –, dando continuidade ao ciclo “Mendelssohn em Foco”.

Em seguida, o grupo faz a estreia mundial da obra encomendada pela Osesp, Sonhos e Memórias, de Sérgio Assad. “Imaginada como uma espécie de ode ao sonho”, segundo Assad, a peça foi inspirada pelas várias fases do sono, desde as mais tranquilas até as mais agitadas. O corne-inglês, tocado por Natan Albuquerque Jr., apresenta o tema musical que permeia toda a composição.

Para finalizar, a Orquestra interpreta as Danças Concertantes, de Igor Stravinsky, obra da fase neoclássica do compositor russo coreografada posteriormente por Balanchine, em 1944.

No mesmo dia, às 15h, o compositor Sérgio Assad fala sobre a obra Sonhos e Memórias, pela série de palestras “Música na Cabeça”.

As inscrições, com vagas limitadas, são gratuitas e disponibilizadas no site da Osesp com 15 dias de antecedência ao encontro. Participe!

25 OUT DOM 16H Orquestra de Câmara da Osesp

CARLOS PRAZERES REGENTE
NATAN ALBUQUERQUE JR. CORNE INGLÊS

FELIX MENDELSSOHN-BARTHOLDY MENDELSSOHN EM FOCO
Sinfonia Para Cordas nº 12 em Sol Menor
SÉRGIO ASSAD
Sonhos e Memórias [ENCOMENDA OSESP. ESTREIA MUNDIAL]
IGOR STRAVINSKY
Danças Concertantes

CRISTINA GÓMEZ GODOY INTERPRETA O CONCERTO PARA OBOÉ, DE MOZART, SOB A REGÊNCIA DE LOUIS LANGRÉE | 29 e 30/10, 21H e 31/10, 16H30

Foto: Louis Langrée

O francês Louis Langrée, diretor musical da Orquestra Sinfônica de Cincinnati e do Festival Mostly Mozart (Lincoln Center, Nova York), volta à Sala São Paulo para reger a Osesp, recebendo, como solista convidada, a jovem oboísta espanhola Cristina Gómez Godoy.

O programa destaca duas obras do compositor francês Olivier Messiaen. Abrindo o concerto, a Osesp toca Un Sourire [Um sorriso], peça encomendada ao autor para as celebrações do bicentenário da morte de Mozart, em 1991.

Em seguida, Cristina Gómez Godoy, oboísta da Staatskapelle de Berlim, se junta à Orquestra para interpretar o Concerto Para Oboé, de Mozart.

Na segunda parte, a Osesp toca Les Offrandes Oubliées [As Oferendas Esquecidas], peça para cordas do início da carreira de Messiaen.

Ao final, a Orquestra executa Morte e Transfiguração, de Richard Strauss, peça que integra o ciclo “Strauss Essencial” e retrata musicalmente os últimos momentos de um homem em seu leito de morte: o fluxo de lembranças da infância e da juventude, a chegada da morte, até o clímax da transfiguração.

O público poderá acompanhar, na quinta-feira, 29/10, às 10h, o Ensaio Aberto da Orquestra, com ingressos a R$ 10,00.

29 OUT QUI 21H Carnaúba
30 OUT SEX 21H Paineira
31 OUT SÁB 16H30 Imbuia

LOUIS LANGRÉE REGENTE
CRISTINA GÓMEZ GODOY OBOÉ

OLIVIER MESSIAEN
Un Sourire [Um Sorriso]
WOLFGANG A. MOZART
Concerto Para Oboé em Dó Maior, KV 314


OLIVIER MESSIAEN
Les Offrandes Oubliées [As Oferendas Esquecidas]
RICHARD STRAUSS STRAUSS ESSENCIAL
Morte e Transfiguração, Op.24

CORO DA OSESP CANTA OBRAS DE MIGNONE E MENDELSSOHN, SOB A REGÊNCIA DE NAOMI MUNAKATA | 01/11, 16H

Foto: Coro da Osesp

No domingo (01/11), às 16h, o Coro da Osesp, sob o comando de sua regente honorária Naomi Munakata, interpreta obras de Mignone e Mendelssohn. Os solistas são a soprano Marina Pereira, a mezzo soprano Solange Ferreira, o tenor Jabez Lima e o baixo-barítono Fernando Coutinho, todos membros do Coro da Osesp.

A Missa nº 2 em Fá Menor, de Francisco Mignone abre o programa – e será gravada como parte do novo projeto da Osesp, dedicado à edição, interpretação e gravação de obras do compositor brasileiro.

Em seguida, três obras do compositor alemão Felix Mendelssohn-Bartholdy: Ehre sei Gott in der Höhe, Ave Maria e Te Deum em Ré Maior, essa última com participação da organista convidada Dorotéa Kerr.

1 NOV DOM 16H Coro da Osesp
NAOMI MUNAKATA REGENTE
MARINA PEREIRA SOPRANO
SOLANGE FERREIRA MEZZO SOPRANO
JABEZ LIMA TENOR
FERNANDO COUTINHO BAIXO-BARÍTONO
DOROTÉA KERR ÓRGÃO

FRANCISCO MIGNONE
Missa nº 2 em Fá Menor
FELIX MENDELSSOHN-BARTHOLDY MENDELSSOHN EM FOCO
Ehre sei Gott in der Höhe
Ave Maria
Te Deum em Ré Maior



A programação está sujeita a alterações.


Os concertos da Osesp contam com a realização do Governo do Estado de São Paulo, por intermédio da Secretaria de Estado da Cultura.

Para não receber mais Newsletters da Osesp.

Para saber mais sobre a OSESP.
Indique alguém para receber esta Newsletter.