veja esse e-mail online Facebook Twitter Youtube Vimeo
Newsletter Maio 2º Edição
EDIÇÃO Anterior | Confira a programação completa
Festival de Inverno de Campos do Jordão

FRANK SHIPWAY REGE BRAHMS E SIBELIUS
PAUL LEWIS AO PIANO | 13 A 16 DE JUNHO

Programação

O consagrado maestro britânico Frank Shipway volta à Sala São Paulo para dois programas sinfônicos com a Osesp. Na primeira semana, recebe o premiado pianista inglês Paul Lewis, que toca com a Orquestra de 13 a 15 de junho e também se apresenta em um recital solo, no dia 16 de junho.
O programa dá continuidade a dois ciclos da Temporada 2013 “Brahms em Foco” e a integral das sete sinfonias de Sibelius: em novembro, a Osesp tocará a Sinfonia nº 2 em Ré Maior, Op.43. Até 2015, será apresentado o ciclo integral das sete sinfonias do compositor. Leia mais

SÉRIE RECITAIS
PAUL LEWIS | 16 DE JUNHO

Programação

Um dos mais importantes pianistas da atualidade, o inglês Paul Lewis se apresenta no domingo, 16 de junho, às 17h, em um recital solo no qual interpreta as três últimas sonatas de Schubert.

Escritas em 1828, durante os últimos meses de vida do compositor austríaco, as obras integram o projeto de Lewis de tocar todos os concertos para piano da maturidade de Schubert, iniciado em 2011. O pianista já se apresentou com esse repertório em Londres, Nova York, Chicago, Tóquio, Melbourne, Rotterdam, Bolonha e Florença, entre outras grandes cidades do mundo, além de gravar as três sonatas em CD, em 2012, pelo selo Harmonia Mundi. Sobre as obras, Lewis afirma, em entrevista ao New York Times.

A turbulência da Sonata em Dó Menor, passando pela nostalgia da Sonata em Lá Maior, ao senso de aceitação da Sonata em Si Bemol Maior, nos leva a uma das mais comoventes e recompensadoras jornadas musicais do século XIX. Há algo que representa o passado, o presente e o futuro nestes três trabalhos, um tipo de lógica emocional.

Os concertos da Osesp contam com a realização do Governo do Estado de São Paulo, por intermédio da Secretaria de Estado da Cultura.

FRANK SHIPWAY REGE OBRAS DE SCHUBERT E STRAUSS | 20 A 22 DE JUNHO

ORQUESTRA SINFÔNICA DO ESTADO DE SÃO PAULO
FRANK SHIPWAY REGENTE

PROGRAMA

FRANZ SCHUBERT [1797-1828]
Abertura Rosamunde D 644 [1823] - 10 MIN
Rosamunde, D797: Música de Balé [1823] - 16 MIN
RICHARD STRAUSS [1864-1949]
Sinfonia Doméstica, Op.53 [1904] - 44 MIN

Na segunda semana do maestro britânico Frank Shipway à frente da Osesp, a Orquestra interpreta obras de Franz Schubert e Richard Strauss. Na primeira parte, a Orquestra toca duas peças de Schubert, compostas para o teatro: a Abertura Rosamunde, da peça A Harpa Mágica, de Georg von Hofmann, e, em seguida, a “Música de Balé”, de Rosamunde, música incidental da peça Rosamunde, Princesa do Chipre, de Helmina von Chézy. Leia mais

SÉRIE DE CÂMARA | OBRAS PROFANAS DO BARROCO | REGÊNCIA: MARCELO FAGERLANDE | 23 JUNHO (DOM), 17H

ORQUESTRA DE CÂMARA DA OSESP
MARCELO FAGERLANDE REGENTE
NATÁLIA ÁUREA SOPRANO
LUIZ EDUARDO GUIMARÃES TENOR
FERNANDO COUTINHO RAMOS BAIXO-BARÍTONO

PROGRAMA

NICOLAS BERNIER [1664-1734]
Cantada do Café [1703] - 20 MIN
GEORG PHILIPP TELEMANN [1681-1767]
Abertura em Dó Maior, TWV 55:C3 "Wassermusik" –
“Música Aquática” [1723] - 24 MIN
JOHANN SEBASTIAN BACH [1685-1750]
Cantata do Café – Schweigt stille, plaudert nicht [1734] - 26 MIN

A Orquestra de Câmara regida por Marcelo Fagerlande - pela primeira vez com a Osesp -, apresenta um programa que traz um panorama de obras profanas do barroco. As peças de abertura e encerramento foram compostas a partir do mesmo tema – o café –, seja exaltando as qualidades da bebida, como na Cantata do Café, do compositor francês Nicolas Bernier; seja ilustrando de modo satírico os conflitos que ela causava, como na também chamada Cantata do Café – Schweigt stille, plaudert nicht –, do alemão Johann Sebastian Bach – a peça conta a história de uma jovem que, apesar dos insistentes pedidos do pai, não consegue largar o hábito de tomar café. Leia mais

SÉRIE MATINAIS APRESENTA COROS INFANTIL E JUVENIL DA OSESP

ORQUESTRA SINFÔNICA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CORO INFANTIL DA OSESP
TERUO YOSHIDA REGENTE
CORO JUVENIL DA OSESP
PAULO CELSO MOURA REGENTE
DANA RADU PIANO

A série Matinais apresenta os coros Infantil e Juvenil da Osesp acompanhados pela pianista Dana Radu no dia 23 de junho às 11h. Na primeira parte do programa, o Coro Infantil interpreta, sob regência do maestro Teruo Yoshida, obras de Schubert arranjadas por Hiroshi Aoshima e traduzidas para o português: Por Essa Música, A Rosa do Campo, O Passeio na Carruagem, Acalantoe A Truta, além de Nós Vamos Fazer Música e Quero Voar num Balão Dourado de Carmen Metig Rocha, A Orquestra no Coração e Canção da Alegria de Akira Yuyama e Chapanecas (canção do folclore mexicano.)
Na segunda parte do concerto, o Coro Juvenil executa obras de Mozart, Bernstein, Pixinguinha e Noel Rosa, entre outros. A interpretação de Rosa Amarela (arranjada por Heitor Villa-Lobos), Carinhoso (Pixinguinha e Braguinha) e Palpite Infeliz (Noel Rosa) contará com a participação dos músicos Italo Peron (violão), Jaime Neves (flauta/bandolim) e Adriano Busko (percussão). Leia mais

Para não receber mais Newsletters da Osesp.

Para saber mais sobre a OSESP.
Indique alguém para receber esta Newsletter.

Link Cultura