veja esse e-mail online Facebook Twitter Youtube Vimeo
Newsletter Maio 2º Edição
EDIÇÃO Anterior | Confira a programação completa

QUARTETO OSESP INTERPRETA SCHUBERT, LUTOSLAWSKI (COMPOSITOR TRANSVERSAL) E VILLA-LOBOS | 8 DE SETEMBRO | 17H

Foto Quarteto de Cordas

Formado pelos músicos Emmanuele Baldini, Davi Graton, Peter Pas e Johannes Gramsch, o Quarteto Osesp interpreta obras de Franz Schubert, Witold Lutoslawski e Heitor Villa-Lobos no dia 8 de setembro, às 17h. A apresentação abre com o Quartettsatz, obra inacabada de Schubert. Em seguida, o grupo executa o Quarteto, do polonês Witold Lutoslawsi (Compositor Transversal da Temporada 2013 da Osesp), uma das peças mais interpretadas e gravadas do autor. Para terminar, o Quarteto de cordas nº 9, de Villa-Lobos, vigoroso e de ritmos marcantes, considerada uma das obras mais elaboradas do ponto de vista formal e harmônico do compositor brasileiro. Saiba Mais

Saiba mais sobre Witold Lutoslawski

TORTELIER REGE OBRAS CORAIS-SINFÔNICAS DE STRAVINSKY E ROSSINI | COROS DA OSESP E ACADÊMICO DA OSESP | 12 A 14 DE SETEMBRO

Foto Tortelier

Em setembro, o regente convidado de honra Yan Pascal Tortelier fica duas semanas seguidas à frente da Osesp. Na primeira, rege um repertório coral-sinfônico com obras de inspiração religiosa de Stravinsky e Rossini. O concerto tem a participação do Coro da Osesp e do Coro Acadêmico da Osesp, e como solistas convidados a soprano Rosana Lamosa, a contralto Carolina Faria, o tenor Luciano Botelho e o baixo Savio Sperandio.  A Sinfonia Dos Salmos, de Stravinsky, que abre o programa, foi encomendada pelo maestro Sergei Koussevitzky para comemorar os 50 anos da Sinfônica de Boston. Stravinsky eliminou da orquestração os violinos, a viola e o clarinete, adicionou dois pianos, e usou as vozes para criar uma atmosfera que evoca as celebrações litúrgicas das grandes catedrais.  Em seguida, a Osesp executa o Stabat Mater de Rossini, obra para quatro cantores solistas, coro e orquestra, impregnada da dramaticidade operística que consagrou o autor. Tem como base o poema escrito pelo frade franciscano Jacopone da Todi, do século XIII, que descreve a dor de Maria ao ver seu Filho crucificado.
Na quinta-feira, 12/09, às 10h, o público poderá assistir o Ensaio Aberto da Osesp, com ingressos a R$ 10. Saiba Mais 

OSESP | UM CERTO OLHAR | SEXTETO DE CORDAS INTERPRETA BRAHMS E STRAUSS | 19 E 21 DE SETEMBRO | SALA DO CORO

Um sexteto de cordas formado pelos instrumentistas da Osesp - Adrian Petrutiu e Marcelo Soares (violinos), Andrés Lepage e Nguyen Thu (violas), e Rodrigo Andrade e Douglas Kier (violoncelos) -, apresenta obras de Richard Strauss e Johannes Brahms dentro da série Um Certo Olhar. O programa começa com a abertura da ópera Capriccio, a última composta por Richard Strauss. Em seguida, o grupo interpreta o Sexteto nº 1, primeira obra de câmara de Brahms, escrita durante sua juventude. As apresentações acontecem no ambiente intimista da Sala do Coro, na quinta, 19/09, às 19h, e no sábado, 21/09, às 14h45, antes dos concertos da Osesp. Saiba Mais

CORO DA OSESP FAZ CONCERTOS GRATUITOS NA CAPITAL PAULISTA

Foto Coro da Osesp

O Coro da Osesp faz uma série de concertos gratuitos na capital paulista até dezembro, dando continuidade ao projeto Osesp Itinerante. Em setembro, o grupo regido por Naomi Munakata cantará obras sacras e canções brasileiras na ESPM – Escola Superior de Propaganda e Marketing, no dia 19 de setembro, e na Universidade Cruzeiro do Sul,no dia 20. Saiba Mais

TORTELIER REGE OBRAS DO CICLO “BRAHMS EM FOCO” E DE WITOLD LUTOSLAWSKI (COMPOSITOR TRANSVERSAL) | BENJAMIN SCHMID (VIOLINO) | 19 A 21 DE SETEMBRO

Foto Benjamin Schmid

Yan Pascal Tortelier, regente convidado de honra da Osesp, continua essa semana à frente da Orquestra para apresentar um programa que dá continuidade ao ciclo “Brahms em Foco” e à interpretação de obras do Compositor Transversal da Temporada 2013, Witold Lutoslawski.
Na primeira parte, o violinista vienense Benjamin Schmid sola o Concerto Para Violino em Ré Maior de Brahms, que traz um diálogo do violino com o oboé ao longo do segundo movimento e um último movimento vibrante, inspirado na música cigana.  Na segunda parte, a Osesp interpreta o Concerto Para Orquestra de Lutoslawski, escrito especialmente para a Orquestra Filarmônica Nacional de Varsóvia e, até hoje, um dos mais populares do compositor polonês. A obra revela a preocupação do autor com as formas, estruturadas para garantir o peso dramático no movimento final.  Na quinta-feira, 19/09, às 10h, o público poderá assistir o Ensaio Aberto da Osesp, com ingressos a R$ 10. Saiba Mais 

Saiba mais sobre Witold Lutoslawski

RECITAL COM BENJAMIN SCHMID (VIOLINO) E DEJAN LAZIC (PIANO) | CICLO “BRAHMS EM FOCO” | 22 DE SETEMBRO | 17H

Este programa especial do ciclo “Brahms em Foco” reúne o violinista austríaco Benjamin Schmid e o pianista croata Dejan Lazic, ambos solistas da Osesp nos concertos da segunda quinzena de setembro, para um recital em que interpretam as três sonatas de Brahms para piano e violino, obras da maturidade artística do compositor alemão. A Sonata nº 1 é marcada por um evento trágico - a morte prematura do poeta e violinista Felix Schumann (filho de Robert e Clara e afilhado de Brahms) -, refletindo a tristeza do compositor. Já a Sonata nº 2 é mais iluminada, embora prevaleça o tempo andante em seus movimentos. Por fim, a Sonata nº 3 em Ré Menor diferencia-se das duas primeiras por seu caráter quase épico, ainda que seja marcada por uma grande economia de expressão. Saiba Mais

Este concerto faz parte das comemorações do Ano da Alemanha no Brasil.

LAWRENCE FOSTER (REGENTE) E DEJAN LAZIC (PIANO) | CICLO “BRAHMS EM FOCO” E SINFONIA DE GEORGE ENESCU | 26 A 28 DE SETEMBRO

Foto Lawrence Foster

A Osesp recebe, pela primeira vez, o regente norte-americano, de ascendência romena, Lawrence Foster, para comandar a Orquestra em mais um programa do ciclo “Brahms em Foco”, além de apresentar uma peça do compositor George Enescu.
Dejan Lazic é o solista do Concerto nº 3 Para Piano de Brahms, obra que abre o programa e que o próprio pianista transcreveu a partir do Concerto Para Violino do autor. Para Lazic, “foi um desafio construir de novo a parte de violino, recompondo a voz no estilo inteiramente brahmsiano e adicionando minha própria cadenza. Ao longo da peça, este foi o meu pensamento: imaginar o que faria Brahms [...] e dar aos pianistas a chance de tocar e desfrutar desta maravilhosa música, que os violinistas têm há mais de 130 anos.”
Em seguida, a Osesp interpreta Sinfonia nº 1 do compositor romeno George Enescu, em três movimentos que misturam a forma rondó e a forma sonata. A obra reflete a formação musical do autor em Viena e o domínio de sua composição na tradição de Brahms, além da influência francesa de seus estudos com Massenet e Fauré. Na quinta-feira, 26/09, às 10h, o público poderá assistir o Ensaio Aberto da Osesp, com ingressos a R$ 10. Saiba Mais

CONCERTO MATINAL GRATUITO | CORO DA OSESP INTERPRETA OBRAS DE AYLTON ESCOBAR, POULENC, DEBUSSY E RAVEL | 29 DE SETEMBRO, 11H

O Coro da Osesp, sob a regência de Naomi Munakata, apresenta, dentro da série Concertos Matinais, um repertório com obras dos compositores franceses Francis Poulenc, Claude Debussy e Maurice Ravel, e do brasileiro Aylton Escobar. O concerto começa com peças de inspiração religiosa: Exultate Deo, de Poulenc, e Ave Maria e Agnus Dei, de Escobar. Em seguida, serão apresentadas canções representativas da escrita impressionista para coro a cappella, sendo três de Debussy e três de Ravel. Para terminar, mais duas obras de Escobar – Flora: Cinco Canções de Amor e Puñal. Saiba Mais

GRAVAÇÕES DE SINFONIAS DE VILLA-LOBOS RECEBEM CRÍTICAS POSITIVAS DA IMPRENSA INTERNACIONAL

A Osesp já lançou pelo selo Naxos dois títulos que incluem quatro sinfonias de Villa-Lobos. Os álbuns fazem parte do projeto de revisão musicológica e gravação da integral das sinfonias do compositor. Com regência e supervisão do maestro brasileiro Isaac Karabtchevsky, o projeto iniciado pela Criadores do Brasil - editora da Osesp - recebeu críticas importantes. A revista francesa Diapason, fundada em 1956, avaliou o primeiro título da série com nota 4, sendo a máxima 5: Saiba Mais

Os concertos da Osesp contam com a realização do Governo do Estado de São Paulo, por intermédio da Secretaria de Estado da Cultura.

Para não receber mais Newsletters da Osesp.

Para saber mais sobre a OSESP.
Indique alguém para receber esta Newsletter.

Link Cultura