Temporada 2020
novembro
s t q q s s d
<novembro>
segterquaquisexsábdom
262728293031 1
23 4 5 6 78
91011 12 13 14 15
161718 19 20 21 22
232425 26 27 28 29
30123456
jan fev mar abr
mai jun jul ago
set out nov dez
PRAÇA JÚLIO PRESTES, Nº 16
01218 020 | SÃO PAULO - SP
+55 11 3367 9500
SEG A SEX – DAS 9h ÀS 18h
THIERRY FISCHER
Marin Alsop

Diretor Musical e Regente Titular da Osesp a partir de 2020, Thierry Fischer é Diretor Musical da Orquestra Sinfônica de Utah desde 2009 (em 2022, ele se tornará Diretor Musical Emérito). É Regente Convidado Principal da Filarmônica de Seoul desde 2017 (com contrato estendido até o final de 2020).


Destaques recentes de sua carreira incluem a estreia sul-americana do concerto para flauta Saccades, de Manoury, com Emmanuel Pahud e a Osesp, além de vários projetos cênicos: Winterreise (Schubert) de Zender, em Estrasburgo, A Flauta Mágica (Mozart) com a Ópera de Utah e Candide (Bernstein) em Utah e Seoul. Destaques como maestro convidado incluem visitas à Filarmônica de Bergen e à Orchestra of the Age of Enlightenment (em turnê e no Royal Festival Hall). Também regeu as Sinfônicas de Boston, Atlanta, Cincinnatti e Detroit, além da Orquestra do Festival Mostly Mozart (Nova York), a Royal Philharmonic, a Filarmônica de Londres, a Sinfônica da BBC, as Filarmônicas de Oslo e Roterdam, a Maggio Musicale de Florença, a Orquestra Mozarteum de Salzburgo e a Orchestre de la Suisse Romande. O maestro Fischer aprecia também o aspecto colaborativo do trabalho com grupos menores, como a Orquestra de Câmara da Europa, as Orquestras de Câmara Escocesa, Sueca e de Munique, a London Sinfonietta e o Ensemble Intercontemporain. Comprometido com a música contemporânea, tem regido e encomendado muitas estreias mundiais.


Durante seu período como Regente Principal da Orquestra Nacional BBC do País de Gales, entre 2006-12, esteve no BBC Proms todos os anos, realizou turnês internacionais e gravou vários discos, recebendo o Prêmio ICMA em 2012 por Der Sturm [A Tempestade], de Frank Martin, com a Orquestra Filarmônica e Coro da Rádio Holandesa. Em 2012, lançou um disco com obras de Beethoven, com o pianista Louis Schwizgebel e a Filarmônica de Londres.


Thierry Fischer começou sua carreira como Primeira Flauta na Filarmônica de Hamburgo e na Ópera de Zurique. Sua carreira como regente teve início por volta dos 30 anos, quando substituiu um colega enfermo, dirigindo subsequentemente seus primeiros concertos com a Orquestra de Câmara da Europa – onde na época era Primeira Flauta, sob regência de Claudio Abbado. Passou seus anos de estudo na Holanda e se tornou Regente Principal e Conselheiro Artístico da Orquestra de Ulster entre 2001-06. Foi Regente Titular da Filarmônica de Nagoya entre 2008-11, sendo agora Regente Convidado Honorário.

 

Saiba mais sobre Thierry Fischer: http://www.thierryfischer.com/